domingo, 24 de maio de 2015

O amor







Quando o amor acontece ele vem aos passinhos 
para não provocar uma revoada aos pombos. 
Se você precisar de um tabuleiro de cartas marcadas, 
ai não tem graça, perdeu o seu brilho. 
Quando sua estrada escolhida, for a mesma da outra vida, 
então não será preciso viajar nas paralelas, 
e sim, unir as mãos e caminhar juntos, no mesmo sentido. 
Você pode rodar o mundo inteiro buscando pela pessoa, 
mas ela pode desde sempre estar ao seu lado, 
porque os olhos do coração não precisa de bússola, 
de relógio ou carros, ou de grandes eventos,
ele precisa de pulso, de vida, de coragem,
porque ser feliz precisa de entrega.